logo

14 de abril de 2017

O namoro que eu quero

 O namoro nunca sairá dá moda, até por que o amor não é uma tendência ou alguma coisa que se possa usar. Pelo menos eu acredito que não deveria ser. Concordo sim, que para muitas pessoas ele deixou de ser uma prioridade necessária. Mas nunca de existir, uma hora, todo mundo cansa de vagar sozinho pelo mundo. Infelizmente, a sociedade tem se tornado cada dia mais solitária e independente no sentido sentimental, e com isso, as pessoas acabam deixando de encontrar a felicidade em outra pessoa, e se achando auto suficientes de mais para precisar do amor de alguém. O que é triste! Pois não existe ninguém feliz sozinho. Todos nós sentimos falta do contato físico de outra pessoa, falta de ter um tempo e um sentimento amoroso, e isso faz com que as pessoas se tornem frias, amargas e reclamonas. É aí que tudo começa a dar errado no mundo, guerras começam sempre por falta do amor ao próximo. Eu sempre fui de me apaixonar pelas pleriminares dá conquista: os olhares, os medos, a insegurança. Não vejo graça em pular tudo isso e ir direto para o beijo. Por eu escrever, essas pequenas sensações se tornaram necessárias na minha vida. Me apaixono e deixo de gostar dependendo do valor que dê aos meus sentimentos, mas nem por isso preciso dá lição de moral em alguém, ou dizer que tá certo ou errado ou julgar o jeito que a pessoa quer levar sua vida. Prefiro a cumplicidade e a intensidade do namoro, do que o vazio e a solidão de se agarrar com alguém sem compromisso. A melhor maneira de fazer um namoro durar, é cuidar do presente e não esperar nada do resto. Decepção é uma coisa terrível! Sabemos que o amor é uma coisa, e paixão é outra completamente diferente. Embora sejam sempre confundidos, existem diferenças claras entre esses dois sentimentos. Quando você se envolve com alguém, sente uma grande atração por essa pessoa, então isso é a paixão, e é ela quem faz a gente sofrer, se apegar de mais, principalmente quando não é correspondido ou platônico, o último no meu caso, já me apaixonei por alguns rapazes e guardei só pra mim. Guardei por medo de não ser correspondida, ou de ser mal interpretada, passando assim uma visão de mulher fácil que só serve para ser usada e jogada fora! Lógico que ninguém deve ser usada e tratada como um objeto, mais infelizmente é o que tem acontecido nos dias de hoje, é como se não existisse mais nenhum sentimento das pessoas por ninguém. E o sentimento que falo é o de paixão e amor, é como se nenhuma dessas coisas existissem mais na nossa sociedade.

 Namoro para mim é algo sério, por isso que nunca namorei. Todos os dias eu oro a Deus para que seja feita a vontade dele na minha vida amorosa, quero namorar alguém que queira algo sério, que queira compromisso e pense em casar e construir uma família juntos. Alguém que tenha os frutos do Espírito Santo, que seja justo, fiel e prudente, e principalmente que priorize sempre a família. Namoro não se resume só em beijos, abraços, e gestos de carinho, sendo que isso é muito importante para mim, quero que o meu futuro namorado seja o meu melhor amigo, quero que ele saiba tudo sobre mim e sobre a minha família, quero que ele seja feliz de verdade ao meu lado, sendo que quando uma pessoa gosta de verdade a gente sempre sente. Não é nada legal está com alguém só para não ficar sozinho, esperando a pessoa certa aparecer e por enquanto que não aparece vai namorando com outros, então quando a pessoa que realmente interessa aparece, termina o namoro com o ex é vai viver do mesmo jeito com outra pessoa, e assim sucessivamente... Por isso vemos tantas pessoas namorar, namorar, namorar e nunca sair do lugar... Fica se esfregando com um e outro, e não constrói nada.

 Nunca vi um relacionamento amoroso sem gentileza, não acho careta se lembrar das datas importantes do namoro, principalmente dá primeira vez que se conheceram, quanto tempo de namoro já completaram. E sabemos que nós mulheres nos preocupamos muito com isso, os mínimos detalhes são importantes... Eu sempre fui uma pessoa muito romântica em todos os sentidos, e acredito que deve ser maravilhoso namorar com um homem romântico e amoroso, pois é o que a maioria de nós queremos num relacionamento, a base de tudo é a fidelidade é claro! Mais o cavalheirismo também deve estar presente em todos os aspectos. Quando vamos observar um rapaz temos que primeiramente ver se ele e realmente um homem de Deus, ver o catéter​ dele e pedir direção a Deus! Não baseado no sentimento porque o coração é enganoso, mas sim numa fé racional e inteligente.

 É assim que sempre faço quando avisto algum rapaz que seja do meu interesse, oro à Deus e peço pra ele me mostrar se essa é realmente a pessoa certa, e sempre obtenho a resposta. Uma vez numa parada de ônibus um rapaz me deu o telefone dele, para poder marcar de sair e conversar, sendo que deveria ter sido ele quem deveria ter pedido o meu telefone! Pois o interesse partiu dele. Ele aparentava ser interessante, mas o que fiz foi pedir para Deus a resposta de quem realmente ele era. Na semana seguinte eu estava em um ônibus diferente e quando parou no ponto, quem estava lá??? De amassos com uma moça?! Ele mesmo. Fiquei é alegre por perceber meu contato imediato com Deus!!! Sempre acontece isso comigo constantemente, por ser bonita e alta chamo muita atenção. As pessoas me elogiam, me acham bonita, reparam na minha altura, e logo pensam que eu sou igual a essas mulheres fáceis que tem por aí, que se agarra com qualquer um sem ao menos conhecer ou ter um sentimento.

 Nenhum sentimento do coração deve está acima dá nossa razão e inteligência, antes de se firmar um compromisso com alguém, mesmo que se goste deve-se avaliar a compatibilidade de objetivos e metas, se são diferentes têm de se verificar se um dos dois estará disposto a sacrificar em função do outro, se não há essa disposição, então deve-se terminar o relacionamento sem levar em conta sentimentos. E analisar com inteligência a falta de incompatibilidade um do outro, por exemplo se um dos dois não quer filhos e outro quer, se um deseja casar e constituir família e o outro só quer libertinagem e curtir, tem que se analisar essas coisas antes para depois não terem problemas. Os opostos não se atraem como as pessoas falam, os opostos transformam suas vidas em um inferno e em problemas. Levo em consideração o que eu quero para minha vida, para poder não sofrer e não ser trocada por outra pessoa, prefiro usar a inteligência e a razão, ao invés de priorizar os desejos dá minha carne, todos nós temos, todos nós queremos, mais melhor permanecer sozinho e esperando em Deus, do que ficar sofrendo por alguém que não vale a pena.

 Eu penso assim: pra que a pressa? Hoje eu posso está sozinha e a minha amiga namorando. Mas amanhã eu posso namorar, casar, e ser feliz. E a minha amiga ainda está namorando ou sozinha frustada!!! Se eu estou sozinha, eu sei que Deus está me LIVRANDO DE PROBLEMAS!!! É frustante sim estar um, dois, três anos sendo obdiente a Deus e não aparecer ninguém para ser sua metade!!! Deus é quem tem me sustentado!!! Mas eu creio que na hora certa e no momento certo DEUS vai fazer o que deve ser feito, e ele sabe de todas as coisas!!! Porque também não adianta nada eu querer encontrar o homem certo se eu estou sendo ERRADA agindo pelos meus critérios, e critérios estes que me levam a ansiedade. É difícil sim, você com vinte e dois, vinte e três, vinte e quatro ou vinte e cinco anos está sozinha… Quando passa na rua, são vários casais, no shopping então… Se hoje eu estou assim não é porque DEUS quer. Mas sim por que ELE tem cuidado de mim e tem me livrado de problemas!!! Quando a gente ESPERA em Deus a gente espera o tempo certo das coisas.

 Beijinhos e fiquem na fé! 👫

12 de abril de 2017

Eu não tenho transtorno de ansiedade

 Muitas pessoas não sabem diferenciar ansiedade, de transtorno de ansiedade, e são duas coisas que não tem nada a ver. TRANSTORNO DE ANSIEDADE É MUITO MAIS DO QUE UMA ANSIEDADE DO DIA A DIA, é crónica e são preocupações exageradas e tensões, mesmo que haja pouco ou nada para provocá-las. É normal as pessoas ficarem num estado de preocupação ou medo antes de enfrentar algo desafiador, ou algo muito importante, que é o meu caso. Esses sentimentos são facilmente justificados e considerados normais. Meus problemas são todos familiares, são problemas que tenho com a minha família desde a infância, e coisas que eu ainda não resolvi. Nunca falei que tenho transtorno de ansiedade, o que falei foi que tenho "ansiedade" e que nunca fui diagnosticada com nenhum tipo de transtorno. O que acontece é que as vezes há necessidade de tomarmos alguma medicação, coisa que eu não faço a anos, mais isso não quer dizer que seja um transtorno. Até porque os médicos de hoje não sabem mais de nada! Não vou generalizar, mas a maioria deles não tão nem aí pra ninguém. Não sabem diagnosticar uma pessoa, e quando diagnóstica alguém é um diagnóstico errado, e a gente fica sofrendo nas mãos de um péssimo profissional, que exerce a profissão pela remuneração, e não pelo amor a vida, e a saúde do ser humano. Eu não me consulto com qualquer médico, e não aceito ser maltratada por nenhum tipo de profissional dá saúde.

 Hoje estava pensando que pra tudo na vida, a cada dia que passa, o homem vai dando seu jeitinho, até mesmo pra morte "hoje em dia dá para adiar um pouco" para doenças, pro conforto e etc... Só no tempo que ainda não deu jeito nenhum. Se não me engano máquinas que controlam o tempo só existem em filme de ficção cientifica, não é mesmo? Então todo começo de ano a gente nunca acha que aproveitou o ano que passou direito, nunca da maneira certa, nem sempre com toda a intensidade merecida, e aí vai passando um filme diante dos seus olhos de tudo o que aconteceu, do que deveria ter acontecido e a saudade vai apertando... E o tempo vai passando. Outro dia quando não tinha nada o que fazer, brinquei de imaginar o tempo na figura de um moço, parecido com aquele ator lindo Cléber Toledo, que por sinal ele ía me visitar. Entrou, sentou, cruzou as pernas e pôs-se a falar... Disse que ninguém​ nunca o dava valor, que ninguém nunca o deixava entrar e que todo mundo desperdiçava o pobrezinho do TEMPO "Sim, com letra maiúscula por que ele agora é um moço". Ousou em dizer também que ninguém o compreendia, pois ele era um nômade, sem dono nem patrão, que passava sem parar, incontrolávelmente independente e que talvez por isso todo mundo se sentia no direito de correr a vida inteira apressadamente sem ver o TEMPO passar. Quando ele se levantou, afim de ir embora, eu praticamente entrei em parafuso! Eu que estava lá, com o TEMPO todo em minhas mãos, podia fazer o que quisesse com ele, não podia deixar-lo ir assim, sem fazer nada... Então ele me disse algo que certamente fez muito sentido, pediu para mim ser diferente, aproveitar enquanto o TEMPO passava e não fazer tudo na pressa por que o TEMPO não volta não! Uma vez que ele foi, já era! E aí eu compreendi, o TEMPO é alguém muito ocupado, independente, não é de ninguém, e gosta das coisas bem feitas! Orgulhoso, não volta atrás jamais! Aí então aprendi que o tempo não dá segunda chance, então é fazer bem feito pra não se arrepender depois.

 O problema do brasileiro é tirar conclusões precipitadas sobre alguém, foi só falar que tenho ansiedade que já me diagnosticaram com um transtorno, pense numa internet perigosa. Mas egoísmo a parte, ansiedade todo o mundo tem, a gente só botou um nome nela. Pensar no tempo que já passou, nas coisas que você tem que resolver, na sua vida e na sua família é algo muito sério. Dá saudade saber que o tempo vai sem dizer adeus, e não volta com medo de ficar parado. Dá saudade pensar que você poderia ter feito tudo diferente e muito mais, aproveitado e reclamado muito menos. O ruim é quando você pensa que pode voltar e não pode. É quando você​ lembra daquela pessoa com tanto carinho que dá vontade de estar com ela, é quando você acha que não devia ter crescido, é arrependimento. Você se arrepende quando faz algo ruim ou muito errado, e disso não sente falta, mas sente saudade do momente que antecede o fato por que pensa que se fizesse de novo, faria de outro jeito. Saudade é sentir falta, sentir falta de alguém ou algo que já esteve com você​ e agora não está mais, é na verdade medo de seguir em frente, ter medo do futuro. Futuro esse um dia vai também ser passado, e você​ vai sentir... Saudade. Mas se o tempo vai embora, caminha olhando pra frente e não volta, a gente deve ir com ele, caminhando, olhando pra frente e não voltar mais, sem medo. Sem saudade a gente não vive, mas podemos viver sem arrependimento. O que passou, passou e não vai mais voltar, pedir muitas oportunidades na vida, joguei muitas coisas fora, mais fazer o que né? Bom, isso até que alguém invente a máquina do tempo por que afinal... Deus progride, meu bem.

 E não venha me dizer que psicoterapia é coisa de gente maluca, minha assistente social até me confidenciou que também faz psicoterapia, minha ex psicóloga também fazia e também tinha ansiedade. As pessoas esquecem que somos seres humanos, sentimos saudades, medos, vontade de voltar no tempo e fazer tudo diferente, mais infelizmente não há como. Todo mundo tem problemas, uns mais, outros menos, isso não faz de você melhor do que ninguém para julgar a vida do outro, o meu problema é que me infernizam vinte e quatro horas por dia, você pode ter mais paz do que eu, já eu tenho que procurar ficar em paz.

 Beijinhos e fiquem na fé! 😒

11 de abril de 2017

O amor é lindo

 Hoje eu acordei com uma vontade imensa de estar apaixonada, e como se tudo acontecesse quando eu quero, aconteceu. É, talvez fosse culpa do meu sonho, que de tão real, quando acordei pensei que tivesse acontecido de verdade, e de repente era só um sonho mesmo. Aí me peguei imaginando que se todos os sonhos dá gente fossem verdade o mundo ia ser uma bagunça. Como quando certa vez eu sonhei que podia tirar objetos de dentro da orelha não ia ser muito agradável pra quem presenciasse tal cena. As pessoas não iam ter limites, e imagine correr por horas e não sair do lugar, gritar e sua voz não sair, imagine você poder guardar objetos na sua orelha! Seria bem provável que isso se tornasse um novo tipo de tráfico de drogas, ou armas, ou sei lá, coisas roubadas. Já até imagino as manchetes: Fulano dá Silva é preso hoje em Fortaleza com 6 kg de maconha na orelha esquerda e 3 armas com numeração raspada na orelha direita. O mundo se tornaria uma bagunça, atormentado por pessoas sem limites capazes de qualquer coisa que pudessem imaginar. Se bem que pensando pelo lado positivo dá coisa, ía ser o maximo não ter que pagar as caras chapelarias das baladas e carregar tudo o que preciso na orelha... Bom talvez esse não seja um lado muito bom por que se minha mãe me ligasse no meio da festa, por exemplo, não ia ser legal ter um celular vibrando dentro dá minha cabeça! Talvez seja por isso que sonhos são só sonhos, e hoje quando acordei nada do que aconteceu foi verdade, ou talvez tudo o que aconteceu foi verdade e na vida real tudo é um sonho, como se nunca mais ninguém fosse acordar e onde acordar apaixonada também​ faz parte dá vida real que é um sonho. Você não precisa dormir pra sonhar, não precisa acordar para descobrir que tudo foi um sonho e não precisa pensar que você pode e consegue só quando está sonhando. A vida é um sonho. Então deixe tudo o que você acha que é impossível acontecer.

 Uma vez eu cutuquei um colarzinho de coração dá minha colega, e ela disse: Ái eu AMO esse colar! Tá, eu pensei, mas por que será que a gente gasta tanto nossos sentimentos assim, atoa? Porque cargas d'agua amar um colar? Aquele negócinho metálico, gelado e sem vida certamente não iria retribuir todo o seu amor! Refletindo por uns instantes percebi que talvez a causa de toda essa muvuca que anda acontecendo no mundo possa ser essa mania estranha dá gente amar tudo, sem amar! Hoje em dia o que mais e mais eu vejo por aí é alguém dizendo "eu te amo". Amar agora é tão banal, tão fácil que na minha opinião ninguém sabe o que é amar! A gente anda disperdiçando o sentimento mais lindo de todos assim, como se nascesse em árvores! Agora a moda é assim, conhece uma pessoa e pronto, eu te amo, compra uma blusinha nova e pronto, eu amo a blusinha, conhece a nova música dá Adele e adivinha? Ama a música! Aí sim a causa dá muvuca, falsidade! Se cada um cuidasse dos seus sentimentos como eles devem ser cuidados, na certa não existiria tanto ódio e falsidade e daí o Bush não ia querer se vingar do Bin Laden e por sua vez, ele não teria aterrorizado os EUA. Ah e claro, o Doria mauricinho fanfarrão não mandaria no estado de São​ Paulo. Agora é melhor você pensar bem antes de sair por aí "amando" as coisas e as pessoas que você não ama, mas gosta, admira, tem carinho... O mundo pode estar em suas mãos meus caros. E minha colega, claro, não parou de dizer que amava o colar e eu continuo vendo por aí muita gente amando loucamente seus pertences e seus novíssimos colegas.

 Beijinhos e fiquem na fé! 💚

10 de abril de 2017

Manias e costumes

 É inacreditável como as pessoas têm o dom e o hábito natural de falar sozinhas em plena luz do dia, em público. Outro dia estava passando de carro por uma rua sem muito movimento quando avistei no sobe-e-desce da calçada, um rapaz aparentemente saudável, vestia calça jeans e uma camiseta básica. Não fazia uso de fones de ouvido, e ele seriamente se auto-conversava. Tudo bem que eu acredito em espiritualidade, e que teria uma possibilidade grande dele estar apenas cantando, mas não se analisarmos o contexto em geral; ele franzia as sobrancelhas a cada frase, seu olhar estava compenetrado e ele falava quase que entre-dentes como se estivesse xingando alguém... Ou a si mesmo, vai saber! Depois de subtamente identificá-lo como doido, coitado, resolvi analisar e percebi que não era só ele quem falava sozinho não! Pois é, eu também falo... Só que no meu caso eu falo sempre com alguém, que por incrível que pareça, nunca está presente no momento. Você pode até negar assim de primeira, mas confesse-se você também fala sozinho quando está pela rua! Pode ser que as cores muito acinzentadas das ruas, e talvez aquele momento seu com você mesmo te faça refletir sobre situações que aconteceram, ou que podem vir a acontecer (ou não)... Não sei bem o que influencia esses momentos, mas só sei que a cena vai acontecendo, e todo mundo acaba, mais cedo ou mais tarde, se deixando falar consigo mesmo, vivendo situações que não aconteceram, inventando histórias, ensaiando, cantando e etc. E claro, como conclusão podemos dizer que não é só porque todo mundo faz, que este seja um ato muito louvável, aliás não é nada aceitável. Então, da próxima vez, se toca! Tá todo mundo olhando!

 Eu tenho o costume de ouvir música andando em círculos no meio dá casa, eu canto, pulo, grito, começo a rir, penso em coisas que podem vir a acontecer. Paro! Tomo água, e continuo rodando em círculos. Quando comecei a fazer isso há uns doze anos atrás minha mãe e minha irmã se incomodavam muito, uma vez minha irmã abriu a janela e desligou o resistro de luz, por que sabia que eu tinha medo de escuro. Meu pai então só fazia rir, e ficava parado com a mão na cintura rindo dá minha cara! E eu perguntava: o que foi pai? O que é que o senhor tá rindo? Aí ele dizia: tu tá parecendo aqueles bois de rodeio. Essa foi a única maneira que achei de aliviar minhas emoções, por isso eu sou tão magrinha! As vezes penso em parar quando estiver casada, já pensou? Eu com uma marmota dessa na frente do meu marido? Ele iria achar que eu era louca. Então eu penso em fazer longas caminhadas quando eu me casar, para aliviar a tenção e o estresse.

 Todos nós pensamos alto de alguma forma, alguns falam, outros fazem uns mugangos, outros acham graça, outros fazem cara feia e etc. Todo mundo tem uma forma de aliviar o seu interior de algum jeito, tenho uma colega que está fazendo jardinagem em casa, pois ela se sente muito bem quando está com os pés em contato com a terra. Confesso que achei muito chique, mais prefiro ficar rodopiando mesmo, é bom que de alguma forma esteja praticando um exercício físico, andar e correr ao mesmo tempo, tudo dentro de casa, olha só que prático! As vezes vou pra garagem dá minha mãe, coloco meus tênis de caminhada e fico lá rodando umas quatro horas. Às vezes estamos tão sozinhas para construir e concretizar certos sonhos, que precisamos falar sozinha. Porque aprendi que tudo que fiz falando, pedindo opiniões me dei mal. E aprendizado não é inteligência. Falo muito comigo. Consigo resolver pendências. Chego a algumas conclusões. Na verdade não falo alto mas é uma espécie de diálogo interno.

 Quando eu era criança minha mãe me botava para ciscar o sítio que a gente mora "que hoje é quintal, pois o meu pai quando se separou dá minha mãe vendeu a metade do nosso terreno" e eu já tinha o costume de falar comigo mesma, ficar argumentando, pensando alto... E do nada meu pai aparecia atrás de mim, e ficava me observando, ele dizia que eu não poderia falar sozinha, pois quem fala só fala com o capeta. Eu chorava muito por ter que limpar um terreno imenso, apanhar as folhas e colocar pro carro do lixo levar, eu detestava isso, e achava que a minha mãe estava me explorando de alguma forma. Muitas crianças tem o hábito de falar sozinhas por conta dá solidão mesmo! Por não ter amigos, não ter com quem conversar, minha mãe por exemplo nunca deixou eu brincar com outras crianças, na escola eu era odiada por todos, ficava sentada no pátio esperando o recreio terminar. Minha irmã também tem essa mania, muitas vezes eu reparo e ela começa a rir, ela cria situações na mente dela e faz de conta que tudo está acontecendo naquele momento, minha avó também faz isso, mais ela diz que está falando com Deus. Afinal de contas o que seria normal pra você? Pois toda mania e costume que o ser humano tem é taxado como anormal, ou estranho. Sendo que todo mundo faz essas coisas, ou até mesmo coisas piores. Há estudos que comprovam que pessoas que falam sozinhas são grandes gênios. Eu sabia que eu era especial de alguma forma.

 Beijinhos e fiquem na fé! 😂

9 de abril de 2017

Há males que vêm para o bem

 Eu pensava muito que a minha vida iria mudar radicalmente esse ano, e graças a Deus muitas coisas boas estão para acontecer, nunca deixo a esperança morrer. Coisas boas essas que são consequências do meu esforço e dá minha dedicação de anos. Sei que terei muitas novidades, mais eu já sabia que teria que resolver pendências de coisas do ano passado, ter que cobrar o que é de direito meu, mas não tinha ideia da dimensão dos meus problemas e até que ponto iriam chegar. Tenho tido muitas coisas para resolver, conquistei o que eu mais queria conquistar na minha vida, mais infelizmente tudo deu errado, e eu estou correndo atrás do prejuízo, para tentar concertar um erro de um profissional. É muito difícil ter que brigar com alguém que você tanto depositou confiança, mas infelizmente não tem como ficar calada e baixar a cabeça. Não sei se sou eu que sou muito otimista ou sei lá, mas tudo o que aconteceu de positivo sempre tem um peso maior sobre as coisas negativas que acontecem. Claro, que toda experiência ruim serviu pra ensinar alguma coisa, mas DEUS ME LIVRE de passar por elas, ou algo parecido de novo.

 Tudo tem um aprendizado, até mesmo as coisas ruins dá nossa vida serve para tirarmos proveito de alguma coisa. Eu sei que sempre fui uma pessoa muito ansiosa, muito teimosa, que queria as coisas de imediato, e muitas vezes quebramos a cara por ser desse jeito. Quando estava sendo atendida pelo meu antigo psiquiatra em 2015 ele queria, porque queria passar medicação para ansiedade pra mim tomar. E eu não queria aceitar! Foi uma confusão!!! Ele conversou com o preceptor dá residência e disse que eu estava recusado o tratamento. Eu chorava muito e queria porque queria que ele tivesse uma solução para o que eu estava passando, eu queria que ele mudasse minha vida de alguma forma. E a única coisa que ele podia fazer era conversar e aconselhar, chamar minha mãe para conversar e passar medicação para mim me acalmar.

 Só sei que, o que eu mais consegui aprender é que viver a vida intensamente não tem nada haver com viver no limite do seu limite, nada haver com exageros, que o orgulho não leva a nada e que as coisas terão que acontecer no seu tempo determinado. É muito difícil viver acreditando que tudo terá um momento certo, e terá o tempo certo para acontecer, sendo que na verdade queremos tudo pra agora! Tudo pra ontem. Também entendi que você pode aprender muito ensinando alguém e pode descobrir seus próprios erros, observando os erros dos outros... Se eu pudesse ainda voltava no tempo eu fazia tudo acontecer de um jeito diferente, mas só conseguiria fazer diferente por que hoje já passei por tudo aquilo e errei, e aprendi como se faz do jeito certo. É meio papo de mãe essa história de que errando é que se aprende, mas eu errei muito pra aprender que é assim mesmo que acontece. Não adianta viver sonhando e esquecer da realidade, pois nos sonhos ninguém erra, nada de ruim te atinge e portanto você não aprende.

 Pode ser que sonhar até te dê um impulso que te empurre para frente e que o próprio sonho te mostre que tá na hora de acordar, mas pode ser que não. Então a realidade ta aí pra te mostrar que sonhar em fazer tudo certo faz sentido, desde que você entenda que no mundo real errar é aceitável, e aprender com o erro é preciso. Não que eu esteja dizendo: VAI LÁ E ERRE, mas to tentando falar que NÃO DEVEMOS DEIXAR O MEDO DE ERRAR IMPEDIR QUE VOCÊ TENTE. E que coisas ruins vão acontecer, mas desde que entenda que há males que vêm para o bem e que de tudo pode-se tirar uma lição que vale para toda sua vida, o que há de bom sempre irá prevalecer, você sabe que sofre de ansiedade quando não vê a hora de o ano acabar e todos os seus problemas serem resolvidos! E você finalmente começar tudo do zero, sem ter com que se preocupar.

 Beijinhos e fiquem na fé! 💋

8 de abril de 2017

Seja feliz em tudo!

 Muitas vezes gosto de pensar assim: se a gente faz o que manda o coração, lá na frente, tudo se explica, mesmo sabendo que o coração é enganoso, e que não devemos nos levar pelas emoções. Por isso, faço a minha sorte, ou melhor a minha fé. Sou fiel a inteligência e não ao que sinto. Aceito feliz quem eu sou, e não aceito viver uma mentira. Não acho graça em quem não acha graça, em quem não pensa positivo, e fica botando dificuldade em tudo. Acho chato quem não se contradiz. Às vezes que Deus faça justiça quando alguém me faz mal, não desejo mal a ninguém, nem ao meu pior inimigo. Sou humana. Sou quase normal, poderia ser melhor. Não ligo se gostarem de mim em partes. Mas desejo que eu me aceite por inteiro, que seja sempre uma mulher pé no chão, que sabe o que quer. Não sou perfeita, não sou previsível. Posso ser uma louca para muitos, até mesmo pela minha fé, e por lutar pelas coisas que acredito. Admiro grandes qualidades, principalmente de tentar entender o sentimento das pessoas que me rodeiam, sentimentos esses de sentir mesmo, de ser! De tentar entender mesmo quando a pessoa está errada e não aceita repreensão, não aceita mudar. Mas gosto mesmo dos pequenos defeitos, e principalmente quando se assume os atos. São eles que nos fazem grande, são eles que fazem com que sentimos confiança. Que nos fazem fortes para não desistir dá guerra. Que nos fazem acordar pra vida. Acho bonito quem tem orgulho de ser gente descente e compromissada. Porque não é nada fácil, eu sei. Por isso continuo sendo quem eu sou, e com as mesmas convicções e ideais de vida. Continuo guerreira. Continuo acordada pra vida. Continuo na luta. No meio do caos que anda o mundo, aceitar é ser feliz. Quando não se tem mais o que fazer o que devemos fazer é descansar, e esperar Deus agir no momento certo. Não é nada fácil viver pela fé, por que mesmo que dê tudo errado, devemos acreditar que o dia seguinte será melhor que o primeiro, que Deus não falha, e que ele sabe tudo que se passa dentro de nós. Muitas vezes já pensei em desistir, mais Deus se manifestou como eu nunca imaginei, não vale a pena trocar o senhor Jesus por outro Deus, nunca devemos aceitar a derrotar, e achar que tudo está perdido.

 Se você aceitar ser uma pessoa boa de verdade, e colocar isso em prática tudo se torna bom, e só assim alcançará a felicidade tão desejada... Independente de religião, ou de ideologia de vida, Deus ama o que é bom, Deus ama o que é justo. Muitas vezes a gente tem vontade de brigar, de discutir, de tirar satisfação, e até mesmo sentimos ódio, e vontade de matar uma pessoa. Mais tudo isso é carnal, e a nossa carne muitas vezes fala mais alto, em fazer justiça com as próprias mãos. Quando você tem um encontro com Deus tudo muda dentro de você! Seus pensamentos, seus sentimentos, sua maneira de falar, sua maneira de agir.

 Quando conheci Jesus, eu me preocupava muito com o que eu falava, qualquer coisa que eu dissesse vinha logo uma acusação na minha mente... E então eu começava a sentir um enorme arrependimento, e com vários pensamentos do tipo: eu deveria ter me comportado melhor ontem, deveria ter falado menos, eu não deveria ter falado daquele jeito com tal pessoa, eu não deveria ter agido de tal forma... Tudo isso é alarme espiritual. Confesso que eu me envergonho do meu passado e mudaria tudo se pudesse! Mais como eu poderia ser a mulher que sou hoje? Se não tivesse errado, nunca teria aprendido com Deus. Eu sempre procurei fazer o melhor em tudo que faço, nunca comi o pão dá preguiça, nunca fiz nada por fazer... Tudo que faço é com todo amor do mundo, amor esse que as pessoas precisam conhecer, o amor de Deus, o amor puro sem segundas intenções, ou interesses em se dá bem de alguma forma.

 Muitas vezes pedi a Deus a oportunidade de nascer de novo e fazer tudo diferente. Feliz aquele que conhece a Deus desde a sua infância, que aprende os preceitos bíblicos quando ainda é inocente, que está na casa de Deus aprendendo a ser um adulto de bem, a não fazer o que é mal, e o que é errado. Isso não quer dizer que sejamos santos e que não venhamos a ter nenhum pecados. Quem não tiver pecados que atire a primeira pedra. O importante é vigiar e não cair nas tentações desse mundo, não ser influenciado por coisa alguma, a não fazer o que quer... Ter disciplina é tudo que o ser humano precisa. Se não nós colocarmos no lugar do outro, nunca vamos viver em harmonia com o nosso próximo. É daí que vem os julgamentos e as alienações, de achar que todo mundo deve ser do nosso jeito.

 Quando sinto que estou fazendo alguma coisa errada me vem logo uma imensa dor no peito, uma falta de ar, um incomodo na cabeça, e um arrependimento imenso. É como se você estivesse matado alguém! É horrível... Você sente dentro de você que vira consequências do que você falou, ou do que você fez. Muitas vezes já me empolguei em comentar alguma matéria na internet e cheguei a ser grossa e mal educada, muitas vezes até baixa em não respeitar a opinião das outras pessoas. Ler um comentário de alguém que pensa diferente de você pode agredir muito o nosso eu e as nossas convicções de vida. É como se estivesse querendo obrigar a pessoa a mudar a visão dela, como podemos viver num país democrático desse jeito? Cada um pensando em si! Se eu não pensar no meu próximo nunca poderei ser feliz, ou dividir teto com uma outra pessoa, pois sempre existirá divergências de opiniões. O que devemos fazer é aprender a viver em paz com os nossos semelhantes, aprender a perdoar e a amar os seus defeitos, para que assim sejamos aceitos.

 Beijinhos e fiquem na fé! 🙏