logo

7 de abril de 2017

Mexeu com uma, mexeu com todas

 Eu penso que infelizmente muitas mulheres ainda são muito passivas com situações diversas na rua e no ambiente de trabalho... Vi e vejo tantas mulheres sendo assediadas com brincadeiras que me deixam de saco cheio e até constrangida e as mesmas ficam levando numa boa, ou amenizando a situação, esquivando de leve. Isso deveria acabar, gostaria de ver nossas colegas "rodando a baiana" para deixar esses seres bem, mais bem sem-graça e constrangidos. Colocá-los em seus devidos lugares! Não podemos confundir hierarquia com submissão negativa jamais! Mais lamentavelmente ainda é quando vemos mulheres agindo da mesma forma. É feio pra homem e pra mulher também! A mulher sabe, que ela tem que se valorizar, que ela tem que se amar, mais ela não sabe botar isso em prática. Infelizmente muitas dão liberdade para serem assediadas, e eu não falo só dá questão dá roupa, mais sim do comportamento em si, dá liberdade que elas dão aos homens, para que eles façam com elas o que tiver vontade. Quando eu ainda estava na escola, os meninos tinham mania de pegar no bumbum das meninas, quando a professora saia dá sala de aula, um ficava na porta vigiando, por enquanto que os outros faziam a festa... Tinha meninos que pegavam na frente e atrás ao mesmo tempo, e elas adoravam isso! Achavam graça, mandavam parar, e eles faziam isso por que sabiam que elas gostavam. Infelizmente existe muita mulher sem vergonha no mundo, mulheres que não tem pudor do próprio corpo, do próprio linguajar, muitas vezes colocam um mini short achando que vai chamar atenção das pessoas, e até conseguem essa atenção, mais uma atenção negativa! Nenhum homem vai querer casar com uma mulher assim, eles só querem usar, abusar e jogar fora. As justas pagam pelas injustas, pois eles pensam que toda mulher é igual, que toda mulher gosta de sem vergonice, de ser desrespeitada, e ser tratada como um objeto sexual. É por essa e outras que ninguém quer mais casar, chegamos num momento onde ninguém é de ninguém, todo mundo faz o que quer... Dormir com o primeiro que ver na frente, como se fosse um bicho inracional, beijar na boca de todo mundo como se fosse gado. Depois a mulher aparece grávida, o homem não quer assumir o filho, e daí vem os problemas, que muitas vezes nunca é de ninguém. Quantos homens eu já não conheci que tem filhos de mais de cinco anos, muitos tiveram na adolescência, não querem assumir a paternidade, não querem assumir compromisso com a mãe dos seus filhos, por que dizem que foi um erro, que eram muito jovens e aconteceu. Mais aí eu pergunto, será que a culpa é somente dá mulher? Será que só a mulher tem a obrigação de se previnir e evitar uma gravidez indesejada? E as doenças sexualmente transmissíveis? Não existe mais preservativos nesse mundo? Por que a responsabilidade sempre é dá mulher e não do homem? Fico me perguntando até quando esse machismo vai durar, até quando a mulher vai ser vista como um objeto de prazer para satisfazer vagabundo. Se as mulheres devem aprender a se impor os homens também devem fazer isso. Infelizmente no mundo onde vivemos quanto mais o homem for cafajeste mais homem ele é. Já a mulher é vista como fraca, como um ser reprodutivo que só serve para parir filhos, ninguém fala das qualidades dá mulher, como se ser dona de casa e cuidar do marido fosse um trabalho degradante. Muitas mulheres cuidam dá família, dos serviços domésticos, do marido e dá casa, e ao mesmo tempo estudam e trabalham. Dão conta de várias coisas ao mesmo tempo, e mesmo assim ninguém consegue enxergar o valor dá mulher, e o que seria dos homens sem nos? Eles poderiam fazer tudo isso, mais com certeza seria muito mais difícil, é só comparar os cuidados que a mulher tem com a casa, com os dos homens.

 Gosto de ser mulher. Ser mulher é um privilégio. Ser mulher é uma honra. E sim, ser mulher é um desafio! O primeiro passo é esse: gostamos de nós mesmas, não ficar esperando pelo homem. Só assim poderemos gostar dos outros. Ser mulher é o que há de mais maravilhoso nesse mundo!!! Nada desse discurso que a mulher não é capaz. A mulher já é odiada demais por ser mulher, e nós cabe nos amar e nada mais... E ser mulher não é obedecer todo esse padrão imposto pela sociedade. Não é questão de cultura. Me diz aí qual mulher não gosta de está com as unhas feitas, cabelo lindo e sobrancelhas perfeitas? Eu amo, o ruim é isso, é não ter dinheiro para todo final de semana manter a boa aparência. Eu prefiro eu mesma fazer tudo sozinha, gosto de me cuidar, até por que nunca fui num salão para fazer cabelo, ou unhas, eu mesma faço. Mas nada se compara a um dia no salão pra sair belíssima se sentindo a poderosa. Torcemos por um mundo onde tenha auxílio mulher!!! Por que se você por tudo na ponta do lápis é muito caro se manter bela e arrumada nas mínimas coisas, nos mínimos detalhes. Mais não podemos esquecer que o básico não esta nada acessível nos dias de hoje, mais é só aprender, e ter gosto de fazer algo por si mesma, e não para agradar homens. Eu sempre tive em mente que para ser valorizada pelas outras pessoas eu teria que me valorizar primeiro! Eu não posso cuidar dá beleza para atrair olhares masculinos, claro que isso é uma consequência, e toda mulher quer ter um companheiro pra chamar de meu. Mais eu faço isso por mim mesma! Lavo o cabelo um dia sim, um dia não, faço depilação, as vezes cuido das unhas, dá pele, dá saúde, para manter uma boa aparência. Não existe coisa pior do que o desleixo, não é nada difícil tirar um dia dá semana para se cuidar, é só querer e colocar em prática.

 Quando toca-se numa mulher sem sua autorização não é assédio é estupro. Pelo menos é o que diz a lei, desde que a vítima faça uma acusação formal, ou seja, o famoso B.O (Boletim de ocorrência) e muitas mulheres não sabem disso, acham tudo normal, que o homem pode fazer o que quer. Isso é crime e ele tem que ir pra cadeia. Independente dá forma de se vestir, ou se portar, a mulher deve ser respeitada, todas nós merecemos respeito! Nenhum homem tem o direito de agarrar, ou pegar em uma mulher sem o seu consentimento. O jeito de falar, acusações, ameaças, contato físico, pegar no braço, na cintura, puxar o cabelo, são considerados abusos. Apesar do comportamento de muitas mulheres devemos nos unir e nos defender. Amanhã pode ser eu, ou pode ser você... Vemos muitos casos de estupros na mídia, até mesmo famosas que se esconderam a anos, com medo do que poderia acontecer se tivesse denunciado. Crime é crime, independente de ideologia política, gênero, orientação sexual, ou identidade de gênero, e lugar de bandido é na cadeia.

 Jesus sempre reconheceu a importância dá mulher, tanto é que ele apareceu primeiramente a uma mulher quando ressuscitou. E não foi qualquer mulher, não foi uma mulher perfeita, Maria Madalena era uma prostituta, que o povo daquela época queria apedrejar, e Deus a perdoou pelo seu pecado, e falou com ela depois que foi crucificado. Não importa o que a mulher faz ou deixa de fazer, toda mulher merece ser bem tratada, pois é dela que todo os dias nasce uma nova pessoa, e o homem não pode se reproduzir sozinho.

 Louca, vadia, mentirosa, interesseira, dissimulada, psicopata. Disse o homem que abusou de uma mulher e tem medo de justiça. (Patrícia Lélis)

 E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios. (Marcos 16:9)

 E Maria estava chorando fora, junto ao sepulcro. Estando ela, pois, chorando, abaixou-se para o sepulcro. E viu dois anjos vestidos de branco, assentados onde jazera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. E disseram-lhe eles: Mulher, por que choras? Ela lhes disse: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram. E, tendo dito isto, voltou-se para trás, e viu Jesus em pé, mas não sabia que era Jesus. (João 20:11-14 )

 Aconteceu, depois disto, que andava Jesus de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus, e os doze iam com ele, e também algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios; e Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, Suzana e muitas outras, as quais lhe prestavam assistência com os seus bens. (Lucas 8.1-3)

 Escolhe a lã e o linho e com prazer trabalha com as mãos. Como os navios mercantes, ela traz de longe as suas provisões. Antes de clarear o dia ela se levanta, prepara comida para todos os de casa e dá tarefas às suas servas. Ela avalia um campo e o compra; com o que ganha planta uma vinha. Entrega-se com vontade ao seu trabalho; seus braços são fortes e vigorosos. Administra bem o seu comércio lucrativo, e a sua lâmpada fica acesa durante a noite. Nas mãos segura o fuso e com os dedos pega a roca. Acolhe os necessitados e estende as mãos aos pobres. (Provérbios 31:13-20)

 Beijinhos e fiquem na fé! 😘

Postar um comentário