logo

13 de março de 2017

Relacionamento com interesses financeiros

 Pensei muito em falar sobre esse tema a algum tempo, quando falamos de sentimentos amor e paixão, tudo é despertado pelo caráter, pelo que a pessoa é, ou até mesmo pela aparência sendo que é a primeira coisa que vemos numa pessoa antes mesmo de conhecê-la. Acredito eu que estamos vivendo nos últimos tempos, como Deus fala na Bíblia que o amor de muitos se esfriaria, e infelizmente é o que tem acontecido... As pessoas se aproximam umas das outras com segundas intenções, antigamente as mulheres só casavam com homens se eles fossem ricos, ou tivessem bens matérias... Hoje em dia é totalmente ao contrário, nenhum homem quer casar, eles preferem mil vezes o Netflix e sair com os amigos ao invés de ter uma namorada, noivar e casar... Parece que ficou no passado, e quando falamos num relacionamento moderno a moda antiga levamos nome de caretas e ultrapassadas... A mulher ficou desvalorizada, ridicularizada, perdeu totalmente o valor, e hoje em dia no sociedade em que vivemos ser mulher é sinônimo de vergonha e fraqueza.

 Até mesmo as garotas de programa estão em crise econômica, é muito difícil um homem querer transar com uma mulher e pagar pelo serviço, sendo que em todo canto tem mulheres que liberam geral, sem precisar pagar... Basta ter uma aparência boa, ou até mesmo uma lábia para convencer... Não existe mais noivado, todo mundo namora e vai viver junto, não existe mais respeito pelo casamento, tanto é que a maioria dos casais estão se separando, até mesmos os crentes... Que falam tanto em restauração do casamento, até eles estão querendo liberdade, pra não falar libertinagem.

 Se existe uma coisa que eu acho absurda é quando os filhos começam a namorar e levam as namoradas para casa, junto com a família... E fica aquela sem vergonice nos cômodos dá casa onde todo mundo fica constrangido... Hora não estou dando uma de santa, ou falsa moralista, até por que sou a favor dá liberdade e livre arbítrio do ser humano... Mais raciocine comigo: você mulher que tem uma irmã que namora, e ela leva o namorado para o QUARTO QUE FICA VIZINHO AO SEU, e você escuta barulhos, gemidos, mexidos de cama, susurros, gritos, risos... Como você se sentiria? Se você chegasse na cozinha e a sua irmã estivesse fazendo preliminares com o namorado... Você se sentiria bem com essa situação? Acharia algo normal e comum uma bizarrice dessas? Em pimeiro lugar está o respeito pelas outras pessoas que moram na mesma casa, não é fácil ver uma irmã ou um irmão, ou uma mãe separada do seu pai que leva o namorado para o quarto e tem relações sexuais com outro homem, junto com os filhos dentro de casa. Tudo tem um limite é para isso que existe motel, para não constranger as pessoas, ninguém precisar ver ou ouvir um membro dá sua família tendo relações sexuais.

 A vida não se resume em sexo e dinheiro! Do que adianta você homem ter uma mulher que transe com você a hora que você quer, mais não ama você de verdade? Não é carinhosa, não conversa, não cuida de você quando está doente, não faz os afazeres de casa, não faz a sua comida e muito menos lhe dá a atenção que você precisa. Do que adianta ter uma mulher para transar e não ser amado de verdade? Hoje você é novo, amanhã talvez não seja tão novo e tão bonito como era antes... Relacionamento a base de aparência quando vai caindo as pelancas o amor despenca também! E aí vem a solidão, a depressão, os transtornos, os ataques de raiva, ódio e fúria por não ter conseguido construir um relacionamento descente na juventude e tá sofrendo agora na velhice.

 Já o relacionamento com interesses financeiros é assim: acabou o dinheiro? Acabou o amor! Não existe coisa mais degradante do que uma pessoa está ao seu lado de olho no seu dinheiro ou no que você tem, as vezes as pessoas descartam um relacionamento com alguém com medo de perder tudo, de se separar e perder toda sua herança ou metade dela. O dinheiro pode comprar tudo menos um amor de verdade! No fim das contas sempre vai ficar sozinho, com dinheiro o sem dinheiro perde totalmente o valor humano, de que adianta tanto dinheiro e oposição social se no final dá vida vai está só e dependendo dos empregados?

 Não existe coisa melhor do que se sentir segura nos braços de alguém que a gente tanto ama... A gente se conhece, namora um bom tempo, noiva e casa, toda noite vai ter alguém do seu lado para conversar até o fim dá sua vida, você nunca estará sozinha! BEM... Isso depende de você, dá sua fé e do seu relacionamento com Deus. Um relacionamento conjugal se baseia no perdão, quem ama perdoa.

 O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. (1 Coríntios 13:4-7)

 Naquele tempo, muitos ficarão escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros, e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos. Devido ao aumento dá maldade, o amor de muitos esfriará, mas aquele que perseverar até o fim será salvo. (Mateus 24:13)

 Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor. (1 Coríntios 13:13)

 Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. (1 João 4:8)

Postar um comentário