logo

1 de março de 2017

Olhar para eles como se estivesse olhando para Jesus

 Quando cheguei a igreja a uns três anos atrás me perguntei sobre muitas coisas... Eu não entendia nada sobre vida espiritual, achava que o mau era o caráter dá pessoa, e que diabo, demônio e satanás era o mesmo ser "Anjo caído que Deus expulsou do céu". Quando via as pessoas manifestadas com demônios tinha muito medo, minhas pernas tremiam, ficava com o coração disparado e acreditava que aqueles espíritos também estavam na minha vida... Pra falar a verdade eu nunca fiz nada de tão grave "sabendo que para Deus não tinha essa negócio de pecadinho, pecadão" mais eu acreditava que os maiores problemas que as pessoas poderiam ter eram: roubar, matar, estuprar, ser infiel, usar drogas, frequentar magia negra, e fazer mal ao próximo... Eu era uma pessoa muito mentirosa e vingativa, tinha pesadelos e algo me sufocava quando eu ia dormir, comecei a sofrer com esses problemas desde a infância, quando a minha mãe me fazia medo quando eu ia dormir "ela fazia coisas terríveis de madrugada quando eu estava dormindo" cheguei a igreja assim, com muito medo, chorava muito, era depressiva, tinha transtorno de ansiedade e Deus foi me libertando de tudo isso... Comecei a perceber que os problemas dá minha família não eram só falta de caráter, a maldade deles também tinha um lado espiritual, lutei muito para trazer a minha família a igreja, consegui levar minha irmã umas duas vezes, mais minha mãe nunca consegui, ela e o restante dá minha família tinham raiva dá igreja e não gostavam que eu frequentasse... É muito difícil conviver numa família perdida e desestruturada, comecei a ter entendimento das coisas, e comecei a olhar para eles como se eles fosse o próprio senhor Jesus.

 Foi muito difícil eu olhar para pessoas que eu considerava como inimigos, como se eu estivesse olhando para Jesus... Eu tinha ódio deles por conta dos abusos e dos maus tratos, mais mesmo assim eu conseguia lá no fundo amar todos eles... Eu falava para Deus: "Por favor meu pai faz alguma coisa por mim! Tira esse ódio, esse rancor, essa raiva... E transforma todo esse sentimento satânico em amor, ajuda a minha família e transforma o meu espirito" essa é a oração que faço a Deus quando estou sofrendo algum tipo de violência por parte deles... Tudo vem a nossa cabeça quando estamos com raiva, mais se Deus não falasse comigo eu já tinha feito coisas terríveis! O diabo usa eles para tentar me contaminar com os seus problemas... Mais hora!!! O que eu tenha a ver com os problemas dos outros? Se eu tenho problemas devo contaminar todo mundo com eles? Olha... Eu posso ter mil e um defeitos, mais esse daí eu não tenho não... Nunca descontei minhas raivas quebrando as coisas dos outros, xingando, humilhando, agredindo, falando mal se INTRIGANDO... Não! Sempre tratei todo mundo com maior amor e carinho mesmo passando por dificuldades, às vezes desabafo e falo dos meus problemas, mais não ando agredindo ninguém não... O que eu não posso fazer é mentir! Dizer que tenho uma família maravilhosa sendo que eu não tenho, e dizer que está tudo bem, quando não está... Jamais!

 Uma das minhas maiores virtudes é o amor ao próximo... Sou muito grudenta e adoro um agarrado... (Sendo bem sarcástica) Não consigo odiar, nem guardar mágoas de ninguém, eu posso discutir mais no outro dia eu já estou falando normalmente como se nada tivesse acontecido... Mais também sou justa e não passo a mão na cabeça de uma pessoa quando ela está errada, não gosto de culpar os demônios pelo comportamento imundo de uma pessoa, por que eu sinto quando algo é falta de caráter e vergonha na cara mesmo... Considero um problema espiritual quando uma pessoa possui todo tipo de comportamento imundo e abusivo, acompanhado por doenças, manias estranhas e mudança de comportamento... E eu convivo diariamente com pessoas assim, que tem ligações com entidades, e manifestações com esse tipo de coisa.

 A vida é feita de escolhas! Na época que eu fazia psicoterapia uma psicóloga disse que o que eu poderia fazer eu já estava fazendo, e que eu era muito forte em aguentar isso tudo sozinha... Eu oro, converso, ensino, ajudo no que eu posso ajudar, mais se a pessoa não quer mudar eu não posso fazer nada! Nem eu e nem Deus! POIS DEUS NÃO IMPÕE NADA A NINGUÉM E NEM OBRIGA NINGUÉM A MUDAR... A MUDANÇA PARTE DÁ PESSOA, ELES É QUE TEM QUE ESCOLHER O QUE É MELHOR PARA ELES E NÃO EU... E eu já fiz minha escolha, e creio que foi a melhor coisa que fiz em toda minha vida.

 Auto ajuda é só aquilo que nós podemos fazer por nós mesmos, conviver num ambiente com um monte de pessoas com problemas espirituais, e de caráter é desastroso para o nosso emocional, e também pode até afetar a nossa vida espiritual e comunhão com Deus, eu aprendi que nenhuma religião, psicólogo ou psiquiatra ou assistente social poderia mudar a minha vida, mais que Deus poderia me dar toda força para superar todos os tipos de problemas e dificuldades dá vida, essa é a minha mensagem de hoje: a vida é feita de escolhas, mais somos responsáveis pelas consequências.

 Beijinhos e fiquem na fé! 😘