logo

12 de março de 2017

O incomodo com a minha altura

 Não sei se vocês sabem, mais eu tenho 1.77 de altura e 58 kg, sou magra e alta... Não tão magra, confesso que já cheguei a pesar 46 kg quando sofria violência dá minha família. As pessoas me questionam muito pela minha altura, olham admiradas, assustadas, dos pés a cabeça... Já cheguei até ficar envergonhada na frente das pessoas, tem gente que faz um alarde enorme como se fosse algo do outro mundo ou anormal... As pessoas ditam regras que não existem, para ser mulher precisa ter uma altura específica aqui no nordeste, se você é alta você não é mulher, por que mulher de verdade tem que ser baixinha, gordinha e parecer um bujão de gás "sendo bem sarcástica". Às vezes me sinto incomodada, já cheguei a pensar que nunca namorei por conta disso, acho que os homens se sentem rebaixados, ou acham que vão ser vítima de chacota e zoação por namorar uma mulher alta, mais o que posso fazer para diminuir? Se é que existe tal coisa.

 Confesso que evito usar saltos, e saias curtas. Tenho as pernas grossas, mais sei lá me sinto estranha... Uso saias quase perto dos joelhos, não gosto de me vestir com roupas muito curtas pra não ficar parecendo aquelas avestruz, não gosto de chamar atenção e nem de ouvir asubios, as vezes coloco uma calça e uma blusa bem bonita, se vejo que estou muito gata coloco um salto aí minha alto estima fica lá em cima... Nunca experimentei usar saias com saltos, mais já fiz combinações que ficaram legais, só falta botar em prática.

 Não me incomodaria de namorar, ou casar com um homem baixinho, se ele não tivesse vergonha dá minha altura, acredito que tem baixinhos que adoram mulheres altas, o importante para mim é o conteúdo, o amor, o respeito e um sorriso bonito... Jamais conseguiria me relacionar com alguém que tivesse vergonha de mim. Participo de um grupo no Facebook que se chama Mulheres Altas, lá relatamos nossas experiências, preconceitos que sofremos das outras pessoas e etc... Fico impressionada como existe meninas com a alto estima lá em baixo por conta das coisas que as pessoas falam, colocam apelidos, ridicularizam, tem gente que pega pesado mesmo... A gente sempre vai ter algum defeito para ser apontado por gente recalcada, se não for a altura é a magreza, se não for a magreza é o tamanho do pé.

 Não me vejo anormal e nem indiferente de ninguém, pelo menos meu cabelo é natural, não sou cheia de tatuagens e piercings, não falo gírias, e nem ando por aí semi nua como se fosse uma prostituta, as pessoas apontam os defeitos dos outros por que não estão bem com sigo mesmas, essa é a realidade... São preguiçosas, não se acham capazes de fazer uma dieta, de cuidar dos cabelos e da saúde, muitas mulheres acreditam que o seu valor está na sensualidade dos seus corpos, não importa se está com umas banhas penduradas elas querem mostrar a qualquer custo.

 O meu maior medo é de ser ridícula, passar uma imagem de uma mulher sem valor, sem escrúpulos e que quer aparecer a qualquer custo, sei que o importante é a nossa beleza interior, mais também devemos cuidar dá nossa aparência, pois ela fala muito ao nosso respeito e por isso reluto tanto em colocar um salto alto com saia, se vejo que não estou me sentindo bem e que vou chamar atenção das pessoas eu prefiro não colocar. E Deus fez cada uma de nós especial, ninguém é igual a ninguém, todas com suas belezas e virtudes, defeitos e qualidades...

 Beijinhos e fiquem na fé! 😉

Postar um comentário