logo

19 de março de 2017

Moderna a moda antiga

 Antigamente acreditava que amor e paixão eram o mesmo sentimento. Deus fala que devemos amar o nosso próximo como a nos mesmos, até os nossos inimigos... Mais queria falar em detalhes sobre amor e paixão relacionado ao sentimento entre homem e mulher.

 Eu entendo que paixão é uma vontade. Você sente algo por uma pessoa que não tem explicação... A gente tem aquela necessidade de conhecer, de falar, tem vontade de ficar com ela, beijar, abraçar, e ainda tem aquelas pessoas que até mesmo já vai pensando naquelas coisas... Antigamente eu era uma pessoa que me apaixonava muito fácil, passei seis anos dá minha vida fazendo terapia, com psiquiatras e psicólogos, por conta dos traumas de infância e dá violência que sofria dá minha família. Os meus psicólogos a maioria eram mulheres, já os psiquiatras a maioria eram homens, só tive duas psiquiatras mulheres. Me apaixonei pelo meu segundo psiquiatra, que na época era um residente. Não sei o que aconteceu! Ele era tão lindo... Era um moreno alto, forte e super simpático, eu sempre tinha consulta com ele uma vez por mês, e passava o mês todo pensando na roupa e na maquiagem para ver ele no dia dá consulta. Confesso que era uma mulher fraca, que estava carente por nunca ter se relacionado com ninguém, sempre que eu deitava pensava nele, pensava que estava casada com ele... Quando tínhamos consulta eu ficava tímida, não parava de olhar pra ele, olhava nos olhos, sorria e fazia de tudo para que ele entendesse que eu tinha um sentimento por ele. No final dá residência dele, eu mandei um e-mail me declarando, e falando do meu sentimento. Confesso que doeu quando ele foi embora, eu não chegava a chorar, mais passei bem um ano pensando nele, mesmo já estando com outro residente... E isso aconteceu em 2013.

 Sempre tive medo dá rejeição, e sempre me senti rejeitada desde criança. Acho que por isso nunca tive coragem de me declarar para nenhum homem, pois acreditava que levaria um fora. No máximo, o que eu conseguia fazer era manda uma solicitação de amizade em redes sociais, mais eu não fazia isso com os residentes é claro... Mais gostei de muitos e eles me ajudaram muito no meu relacionamento familiar. Hoje não tenho mais necessidade de uma terapia pois já conheci a Deus, e ele é o meu maior psiquiatra e psicólogo, ele me conhece até mais do que eu mesma. Se apaixonar dói muito, principalmente para mim que acredita que o homem deve tomar a iniciativa. Acho ridículo uma mulher ficar correndo atrás de um homem, se humilhando e mendigando atenção, isso realmente não é para mim.

 Então o Senhor Deus declarou: "Não é bom que o homem esteja só; farei para ele al­guém que o auxilie e lhe corresponda". (Gênesis 2:18)

 Aprendi que o amor não é um sentimento, é algo muito mais forte do que isso, tem a ver com a inteligência. Amor é confiança, redenção! Não tem nada a ver com paixão que é um sentimento. A paixão nos torna cegas e emotivas, coisas que são consideradas ruins para a nossa vida espiritual. Quem é emotivo sempre sofre, é atrasado, é débil na fé, nunca consegue usar a razão e ser racional em suas decisões. Nunca amei ninguém no sentido de relacionamento pra casar, minhas paixões sempre foram platônicas, sempre gostei de homens simples e humildes, principalmente aqueles que passavam uma imagem de homem de família, que é equilibrado, inteligente e sério, mais nunca tive coragem de me declarar ou falar algo. Então não posso dizer na prática o que é amor entre homem e mulher! Pois nunca amei ninguém no sentido de relacionamento amoroso, sempre fui de me apaixonar, de querer namorar, de desejar alguém, mais nunca cheguei a amar pelo simples fato de nunca ter me envolvido num relacionamento sério, ou melhor, em nenhum tipo de relação.

 Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria. (Colossenses 3:5)

 Eu posso nunca ter amado um homem de verdade, mais sei o que é o amor que sinto pela minha família. Em primeiro lugar amo o meu Deus, com quem me encontrei a oito anos atrás, em segundo lugar amo minha mãe, meu pai e minha irmã! Sei que não tem nada a ver com o assunto, mais mesmo minha mãe sendo uma pessoa difícil de conviver eu não consigo deixar de gostar dela... Até já tentei quando não era dá fé! Mais o amor pela minha família nunca vai acabar... Esse sentimento de amor que sinto por eles é quando meu coração aperta e sinto algo inexplicável, não consigo deixar de gostar, não consigo deixar de lutar por eles... Acredito que esse possa ser o mesmo sentimento que terei pelo meu futuro namorado, noivo, marido... Quando a gente ama a gente perdoa, a gente aceita e tenta conviver, tenho quase certeza que é isso.

 Nem muitas águas conseguem apagar o amor; os rios não conseguem levá-lo na correnteza. Se alguém oferecesse todas as riquezas dá sua casa para adquirir o amor, seria totalmente desprezado. (Cânticos 8:7)

 Como já havia falado o meu maior sonho é casar e construir uma família linda. Cuidar do meu marido e cuidar dá casa... Não existe coisa pior do que a solidão, você olha para os lados e só tem coisa que não presta, é a pior coisa que existe, as pessoas só querem usar e abusar de você. Mais eu reconheço o meu valor como mulher, e sou muito preciosa para cair nos braços de qualquer um, eu posso dá a entender que gosto de uma pessoa, posso sorrir, posso pegar na mão ou no ombro... Nunca teria coragem de me jogar pra cima de um homem, jamais! Nunca me permitiria a tal coisa. Mais acredito que submissão é tudo num relacionamento​ conjugal.

 Mas, se nã o conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo. (1 Coríntios 7:9)

 Sobretudo, amem-se sinceramente uns aos outros, porque o amor perdoa muitíssimos pecados. (1 Pedro 4:8)

Postar um comentário