logo

18 de março de 2017

Busque a sua libertação

 Dando continuidade ao último post, falando sobre o espírito maligno que atua na vida sentimental, não poderia deixar de falar sobre libertação. Seja ela por inveja, pragas, trabalhos de magia negra e etc... Quando um espírito imundo descansa num corpo de um ser humano, traz com sigo vários problemas e enfermidades causados pela possessão. Os principais sintomas são: insônia, nervosismo, suicídio, vícios, mudanças de comportamento, dores de cabeça constantes, agressividade intensa e gratuita, mutilação do próprio corpo, mudanças de voz, múltiplas vozes, animais assustados com a pessoa e surtos emocionais repentinos.

 A primeira coisa que uma pessoa deve fazer é procurar ajuda, seja ela de um padre ou pastor, um líder espiritual cristão que entenda do assunto. Existe varias maneiras de se livrar dessas influências malignas em nossas vidas, uma delas e a mais poderosa é a oração e o jejum. Sempre tiro um dia na semana para fazer um jejum a Deus, além disso tiro uma hora para ler a bíblia, pela manhã, atarde e a noite, falo com Deus, agradeço por tudo que tenho, e por tudo que ele tem feito por mim, agradeço por sua misericórdia infinita... O jejum serve para fortalecer o nosso espírito, é impossível uma pessoa ter o Espírito Santo de Deus dentro dela, e não jejuar e orar a Deus. Também é importante ir a igreja três vezes por semana, frequentar reuniões de libertação, tomar santa ceia, e evangelizar outras pessoas para que elas também conheçam a Deus. Só assim uma pessoa se livrar de uma vez por todas das entidades malignas "demônios".

 Nada adiantará uma pessoa ser liberta e deixar de fazer a vontade de Deus. Largar a fé, deixar de orar e jejuar, fazer propósitos e abandonar a leitura dá bíblia. E isso não é religião e sim fé! Muitas pessoas não sabem como orar, a oração deve ser feita de todo coração, sem lamentos, e sem querer convencer a Deus de alguma coisa... Deus não suporta nada forçado, sua oração feita dá boca pra fora não vai trazer resultado nenhum se não for do fundo dá sua alma, do seu coração... Pois Deus ama o sincero e os humildes de coração. No mínimo tire uma hora do dia para falar com Deus e saber qual a vontade dele para sua vida, não minta, não seja injusto, não fale palavrões, não fale dá vida alheia, não coloque uns contra os outros... Deus detesta isso.

 Agora que sabemos como orar... e o jejum? Como fazer um jejum e entregar a Deus? Bem muitas coisas se falam do jejum, quando ouvimos falar de jejum o que vem a nossa mente e deixar de comer. E não é nada disso! Ou melhor, jejuar não é só no sentido de alimentação, o jejum é um sacrifício de algo que você gosta muito de fazer, ou seja: se você passa o dia todo na internet e quer fazer um jejum a Deus, você deverá deixar de usar a internet por algumas horas e se conectar com Deus... Ler a bíblia e fazer orações, você pode escolher fazer isso uma ou duas vezes por semana, ou se quiser todos os dias... Vou dar um exemplo: eu gosto muito de assistir vídeos no YouTube, então vou sacrificar a hora que passo na internet para fazer um jejum a Deus. Resolvo fazer um jejum de quatro horas, então vou começar as 13:00 dá tarde e terminar as 16:00 horas dá tarde, ou seja as 13:00 horas eu falo com Deus, digo para ele que vou passar quatro horas sem usar a internet para dedicar esse tempo exclusivamente a ele, falo o que desejo alcançar com aquele jejum seja ele libertação ou qualquer outra coisa. Então nessas quatro horas eu posso orar ou fazer qualquer outra coisa, menos mexer na internet... Quando for 16:00 horas entrego o meu jejum a Deus e falo com ele:

- Meu senhor, meu Deus e meu pai, aqui estou eu entregando o meu jejum de quatro horas. Peço ao senhor que nesse propósito de oração o senhor venha libertar a minha alma de toda influência do mal, que eu venha ser livre, e curada de todas as enfermidades e problemas espirituais, pois eu creio em ti e na tua palavra. Em nome do senhor Jesus Cristo amém!

 É mais ou menos assim que eu faço! Lógico que você falará com as suas palavras, com o seu coração aberto, e dizendo a Deus tudo que está dentro de você... Não faça como se fosse uma obrigação. Faça por amor aquele que te deu a vida, ninguém pode entender o que você está passando, mais Deus pode. Se você não conseguir jejuar converse com alguém, um líder espiritual, e peça para que ele te acompanhe e jejue por você... As vezes a pessoa está tão carregada espiritualmente que os demônios bloqueiam a mente dela, e tiram a vontade dá pessoa querer jejuar e orar... A nossa carne nunca vai querer que a gente faça um propósito com Deus, mais devemos ser fortes e mesmo assim fazer! É o que chamamos de batalha espiritual.

 Não é bom que falemos a outras pessoas que estamos em jejum ou em um propósito com Deus, o melhor a se fazer é não falar nada a ninguém, deixe isso só entre você e Deus, e não faça por obrigação, ou para agradar alguém. Tudo que devemos fazer deve ser sigiloso, sendo assim terá mais intimidade com Deus, ninguém precisa saber o que você fala com Deus e o por quem, e por quem ora. Olha só o que diz no livro de Mateus:

 Quando fizer um jejum, não mostrem uma aparência triste como os hipócritas, pois eles mudam a aparência do rosto a fim de que os outros vejam que eles estão jejuando. Eu digo verdadeiramente que eles já receberam sua plena recompensa. Ao jejuar, arrume o cabelo e lave o rosto, para que não pareça aos outros que você está jejuando, mas apenas a seu Pai, que vê em secreto. E seu Pai, que vê em secreto, o recompensará. (Mateus 6:16-18)

 Também deveremos orar pelas pessoas que nos perseguem, que nos fazem mal, e tentam nos prejudicar... Devemos olhar para tudo com os olhos espirituais, e ficar atentos a qualquer acontecimento, pois Deus nos dá a resposta através de pequenas situações que acontecem no nosso dia a dia. Por isso devemos ficar atentos, vigiar e orar. A maioria das pessoas que nos perseguem e nos fazem mal, são possessas por algum tipo de espírito maligno, são essas pessoas que levam o nosso nome para a magia negra com intuito de prejudicar e fazer o mal, as vezes até por inveja de algo que você tenha ou conquistou... Muitas vezes jogam pragas, falam palavras baixinho e inventam coisas ao seu respeito.

 Essas são as pessoas que mais precisam de Deus, devemos orar e não devolver na mesma moeda o que fazer de mal com a gente, as vezes até mesmo pessoas dá família. Não existe coisa pior do que maldição proferida por uma mãe ou por um pai, um irmão ou qualquer pessoa que seja de sangue... Hoje eu dia não sabemos mais quem são as pessoas que convivem de baixo do mesmo tento que a gente.

 Quando Jesus viu que uma multidão estava se ajuntando, repreendeu o espírito imundo, dizendo: "Espírito mudo e surdo, eu ordeno que o deixe e nunca mais entre nele". O espírito gritou, agitou-o violentamente e saiu. O menino ficou como morto, ao ponto de muitos dizerem: "Ele morreu". Mas Jesus tomou-o pela mão e o levantou, e ele ficou em pé. Depois de Jesus ter entrado em casa, seus discípulos lhe perguntaram em particular: "Por que não conseguimos expulsá-lo?" Ele respondeu: "Essa espécie só sai pela oração e pelo jejum". (Marcos 9:25-29)

 Pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. (Efésios 6:12)

 O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. (1 Timóteo 4:1)
       
 Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês. (Tiago 4:7)
       
 Todos ficaram tão admirados que perguntavam uns aos outros: "O que é isto? Um novo ensino - e com autoridade! Até aos espíritos imundos ele dá ordens, e eles lhe obedecem! (Marcos 1:27)
       
 Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas. (Marcos 16:17)

 Jesus curou muitos que sofriam de várias doenças. Também expulsou muitos demônios; não permitia, porém, que estes falassem, porque sabiam quem ele era. (Marcos 1:34)

 Na sinagoga havia um homem possesso de um demônio, de um espírito imundo. Ele gritou com toda a força: "Ah!, que queres conosco, Jesus de Nazaré? Vieste para nos destruir? Sei quem tu és: o Santo de Deus!" Jesus o repreendeu, e disse: "Cale-se e saia dele!" Então o demônio jogou o homem no chão diante de todos e saiu dele sem o ferir. Todos ficaram admirados e diziam uns aos outros: "Que palavra é esta? Até aos espíritos imundos ele dá ordens com autoridade e poder, e eles saem! (Lucas 4:33-36)

Postar um comentário